Blog Famastil

Como fazer seu próprio jardim

Como fazer seu próprio jardim: passo a passo para começar seu cantinho verde

Amantes da natureza, aspirantes a jardineiros ou, simplesmente, estressados tentado relaxar. Seja qual for a sua situação, se você quer iniciar na jardinagem e não sabe por onde começar, descubra agora o passo a passo para ter seu próprio cantinho verde!

Cultivar um jardim, mais do que trazer vida e cor ao recinto, é uma atividade terapêutica. Seus benefícios são comprovados e, em tempos de pandemia, têm sido ainda mais procurados como forma de aliviar a saúde mental. Todos podem desfrutar das vantagens de colocar as mãos na terra, não é necessário nenhum dom especial. Mas é preciso seguir algumas orientações para ter sucesso no plantar.

Como devo começar a fazer meu jardim

Mais do que adquirir algumas flores e regar esporadicamente, ter um jardim bonito requer preparação para todas as fases do cultivo. Podemos dividir as tarefas em: antes, durante e depois. Acompanhe cada uma delas.

Antes – momento de separar as sementes

  • Escolha com cuidado o local para realizar o cultivo;
  • Certifique-se de que a área é adequadamente arejada;
  • Identifique quais são as plantas e flores ideais para o ambiente;
  • Informe-se sobre as particularidades de cada espécie, como: frequência de regar, exposição à luz solar, como podar e adubos indicados;
  • Liste todos os materiais e adornos que deseja para incrementar e colorir seu jardim;

Durante – hora de colocar as mãos na terra

  • Prepare o solo, garanta a qualidade da terra. Fatores como o clima, fertilizantes e temperatura influenciam diretamente na saúde do terreno. Por isso, o recomendado é que seja usada terra com material orgânico e calcário sobre o solo, para ajudar no crescimento das folhas;
  • Use sementes ou mudas. No caso de mudas, lembre-se de cavar um buraco com o dobro de profundidade do vasinho em que ela foi germinada, acrescente ainda sete centímetros para o adubo. Acrescente terra orgânica e molhe bem o local, deixando a terra absorver bem o líquido;

Depois – incorpore esses cuidados a sua rotina

  • Após o plantio, adote a rotina de limpeza do local, retirada de ervas daninhas, controle de pragas e doenças que podem surgir e prejudicar seu vaso.

Plantas indicadas para jardins pequenos

A jardinagem é uma atividade democrática e flexível que se adapta a qualquer lugar. Desde grandes quintais a pequenos apartamentos, residencial ou corporativo, sempre há um jardim ideal para cada ambiente. O importante é pesquisar qual espécie é mais adequada para a área disponível. Veja alguns exemplos a seguir.

Em espaços amplos como quintais, você pode explorar e diversificar vários estilos como: Agave, Árvore do Viajante, Buxinho, Cica e Luca. Nesse caso, deve-se avaliar as peculiaridades da planta, se é resistente à exposição ao sol e a chuva, ou prefere sombra.

Normalmente, a maior dúvida está em definir modelos apropriados para regiões menores, como apartamentos. Fique tranquilo, não faltam lindas opções que podem ser distribuídas em pequenos cantinhos e são fáceis de cuidar, por exemplo: Suculentas, Mini Cactos, Orquídeas, Violeta, Temperos, Cróton, Samambaia, Peperômia, Zamioculca, Palmeira Ráfia, Lança de São Jorge, Camedórea-Elegante, Pleomele, Rosa de Pedra, Begônia, Lírio da Paz, Bromélia.

Vasos de suculentas e mini cactos
Exemplo de Suculentas e Mini Cactos

 

Vaso de planta Lança de São Jorge, decoração com plantas
Exemplo de Lança de São Jorge

Dica para quem quer economizar espaço:

Junte várias espécies em um só arranjo, prenda plantas pendentes no teto, posicione os vasos perto das janelas, coloque as vasilhas em prateleiras estreitas no parapeito da janela.

Decoração com vasos de orquídeas
Decoração com vasos de orquídeas

Aprenda a montar uma mini-horta!

Como plantar uma muda no vaso

  1. Lave e seque bem o vaso;
  2. Faça a primeira camada no fundo do vaso com pedriscos, britas ou argila expandida – para evitar que a água acumule no recipiente;
  3. Coloque a manta de drenagem, também conhecida como manta de bidim. Você também pode substituí-la por um tecido sintético e poroso. O objetivo dessa tela é impedir que a terra se misture com as pedras;
  4. Preencha 60% do vaso com terra orgânica;
  5. Acrescente o adubo;
  6. Insira a muda, posicione e centralize a planta. Cubra o caule com terra, deixe aproximadamente um dedo de distância da borda do vaso;
  7. Regue a terra até que a água escorra pelo fundo do recipiente. Garanta que o solo fique completamente úmido nessa primeira irrigação;
  8. Finalize com pedriscos, cascas de arvores ou argila expandida, para contribuir com na retenção de água.

Pronto, agora basta preparar o seu check-list, arregaçar as mangas e começar a plantar! Última dica de ouro para ter suas flores ou hortas saudáveis é contar com as ferramentas certas. Cavar, aterrar, arar, tirar ervas daninhas, regar… todas essas tarefas são intrínsecas à jardinagem e só são possíveis com o auxílio de utensílios como: pazinha, escardilho, arrancador de inço, tesoura para poda, pulverizador, entre outros. Prepare o seu equipamento e bom cultivo!

Conheça as 9 ferramentas essenciais para montar seu kit de jardinagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2019 | Todos os Direitos Reservados à Famastil
Conheça nossa Política de Privacidade

Desenvolvido porAgência de Marketing Digital e Inbound Marketing
Scroll Up