Blog Famastil

como montar um kit de jardinagem

Como montar um kit de jardinagem: 9 ferramentas essenciais para o seu jardim

Um hábito comum em cidades famosas pela longevidade de seus moradores é a jardinagem. Durante suas pesquisas pelas “Zonas Azuis”, o escritor americano Dan Buettner identificou o amor pelo plantio como um hobby típico entre pessoas com mais de 80 e 90 anos.

Claro, há outros fatores importantes que impactam no aumento da expectativa de vida. Mas, temos que reconhecer os benefícios do cultivo de plantas: redução do estresse, da ansiedade e da depressão.

Se você também quer desfrutar das vantagens de manter seu próprio cantinho verde, um dos primeiros passos é ter as ferramentas certas. Por isso, separamos alguns materiais essenciais para essa tarefa.

Antes, um recado importante:

Há inúmeras opções de instrumentos para auxiliar no trabalho de jardineiros novatos ou experientes. Mas, antes de escolher entre os diversos modelos e tamanhos de ferramentas, analise qual a sua real necessidade considerando: tamanho do espaço disponível e espécies de plantas que cultiva.

Se você mora em uma casa que possui um grande gramado, o aparador de grama se torna um item básico para otimizar a manutenção do quintal. Agora, pessoas que vivem em apartamentos e possuem apenas suculentas em pequenos vasinhos, ter uma pazinha deve ser a prioridade.

Saiba como montar seu kit de ferramentas para jardinagem:

Após avaliar o perfil do seu jardim, vamos conhecer as peças básicas que não podem faltar no seu kit (dignas de um jardineiro de respeito). Confira:

1 – Ancinho ou Rastelo

O ancinho, também conhecido como rastelo, é utilizado para preparar o solo: arar, afofar a terra e tirar os detritos do terreno. Sendo muito útil na coleta de materiais como folhas, grama solta, palha e feno. Assim deixa tudo pronto para o plantio de hortas e jardins.

2 – Pá

Um dos itens mais populares da jardinagem, a é bastante versátil e basicamente serve para cavar, remover e transportar a terra. Certamente, você já precisou dela para colocar a muda em um vaso novo.

 3 – Escardilho

O escardilho ajuda nos serviços gerais, ele serve para recolher detritos, limpar a grama, espalhar o adubo e dar os últimos retoques no solo. Em resumo, suas atribuições são diversificadas, é uma peça coringa para qualquer cultivador.

4 – Arrancador de Inço

O arrancador de inço é aquela arma secreta que vai te salvar das ervas daninhas. Ele consegue alcançar os cantinhos de difícil acesso e auxilia na retirada de espécies indesejáveis desde a sua raiz, para elas não retornarem. Tudo isso, sem machucar a sua mão.

5 – Regador ou Mangueira

Um descuido corriqueiro entre os iniciantes é errar na quantidade de água – o que pode ser fatal para a sua plantinha. Regar na quantidade e frequência certa é o mínimo que você precisa fazer para manter sua plantação viva. Para ajudar nessa tarefa use um regador ou mangueira.

O regador facilita o controle de água sobre a área a ser molhada, proporcionado uma irrigação suave, sem correr o risco de prejudicar as folhas ou arrastar a terra do vaso. Você também pode usar uma mangueira conectada a ducha ou esguicho. Com essas peças é possível escolher uma opção de jato mais leve e adequado para a irrigação de sua horticultura.

6 – Borrifador ou Pulverizador

Borrifadores e pulverizadores auxiliam na aplicação de diferentes tipos de inseticidas, fungicidas, fertilizantes e outros produtos de forma prática em quantidades uniformes. Lembre-se de preferir defensivos naturais para evitar pragas como pulgão, cochonilhas, lagartas e formigas.

7 – Tesoura

Usar a mesma tesoura em diferentes tipos de materiais pode prejudicar a lâmina de corte e deixar a sua “tesoura cega”. Por mais versátil que ela seja, é importante ter uma tesoura especifica para cada função. Essa regra vale, inclusive, para a jardinagem.

A tesoura para poda foi desenvolvida exclusivamente para cortar galhos de flores, brotos e plantas frutíferas de diferentes espessuras. Não arrisque arrancar o galho errado ou cortar o dedo improvisando com outras ferramentas.

Em caso de árvores ou galhos mais grossos, será necessário utilizar um equipamento mais reforçado como: tesoura de grama, tesoura corta galho, corta galho, serrote de poda curvo ou um arco para poda.

8 – Fios de Amarração

Esse item é especifico para quem cultiva trepadeiras ou outras plantas que precisam de sustentação. Sempre tenha a mão um barbante ou arames de embalagem para direcionar os caules na direção correta, sem danificar os galhos.

9 – Equipamentos de Proteção

Além de se preocupar com o jardim, você também precisa priorizar sua segurança para evitar acidentes. Antes de iniciar o trabalho no quintal, coloque seus equipamentos de proteção: luvas, avental, chapéu, óculos escuro e protetor solar – para quando estiver ao ar livre em horários de alta intensidade de raios solares.

Após essas dicas ficou fácil encontrar as ferramentas apropriadas para o seu jardim. Preservar uma plantação bonita e saudável é uma atividade que exige carinho, atenção e constância. Fique atento para conhecer bem as características de cada muda, regá-las na medida certa e adubar a terra. Dessa forma, elas irão permanecer com você por muito tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2019 | Todos os Direitos Reservados à Famastil
Conheça nossa Política de Privacidade

Desenvolvido porAgência de Marketing Digital e Inbound Marketing
Scroll Up